segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Remédios Caseiros para Micose na Unha - Tratamentos que funcionam!


Antes de falar mais sobre o remédio para micose na unha e as suas derivações, é primordial explicar do que é a micose. Em primeiro lugar, o nome cientifico é onimicose e é uma infecção causada por alguns tipos de fungos.

Os dois exemplos mais comuns é o bolor ou levedura, deixando a unha com um aspecto totalmente diferenciado. Trata-se de ficar com a cor amarela, deformada e grossa, portanto, é essencial ter atenção com todas essas questões.

Em regra geral, um dos tratamentos mais comuns para a onimicose é utilizar alguns esmaltes antifúngicos. O objetivo do texto é mostrar que o remédio para micose na unha pode ser feito com itens que você deve ter em casa.



Qual é o remédio para micose na unha?

Antes de mostrar mais sobre o remédio para micose na unha caseiro, é essencial mostrar as alternativas convencionais. A seguir vai ser mostrado, porém antes disso, lembre-se de pedir orientação para o médico. Veja abaixo:

·   Remédios via comprimido como: Fluconazol ou o Itraconazol

·       Outra forma eficiente são as pomadas ou mesmo uma loção, como por exemplo: o Loceryl, a Micolamina ou o Fungirox.

Para tratamentos que são caseiros, é indicado a aplicação de 3 a 4 gotas de óleo essencial de cravo da índica. Certamente, deve ser feito na unha que está afetada e ainda pelo menos 2 vezes por dia, pois o cravo tem ação antifúngica.

Vale destacar que esses óleos essenciais de orégano ou malaleuca também tem ação contra esse tipo de fungos. Desse modo, conseguem ser usados e uma forma bem eficiente de prevenção é tendo alguns cuidados, veja abaixo:
  • ·         Evite usar sapatos que sejam apertados;
  • ·         Lave e seque muito bem os pés, principalmente entre os dedos;
  • ·         Prefira meias de algodão;
  • ·         Use materiais de manicure ou pedicure próprios, portanto, não compartilhe com os demais;
  • ·         Utilize sempre chinelos em piscinas ou mesmo em banheiros públicos.

 Viu só como é fácil tratar? 

Remédio caseiro para gordura no fígado para tomar todos os dias


A gordura no fígado é também conhecida como esteatose hepática, ela é uma doença silenciosa que só costuma se manifestar em quadros mais avançados.

A doença em si não causa problemas maiores, mas se não for tratada da maneira adequada e não houver mudanças de hábitos o quadro pode se agravar e levar ao desenvolvimento de cirrose e até chegar ao ponto de necessitar de um transplante de fígado.

Existem alguns remédios caseiros que podem ajudar a controlar o quadro de gordura no fígado, mas eles nunca devem substituir o tratamento médico, servem apenas para auxiliar na melhora do problema.



Suco de melão com hortelã:


A hortelã tem propriedades que ajudam muito nos problemas gastrointestinais, ela alivia os enjoos e a sensação de barriga inchada comuns nesses casos e ainda ajuda a revitalizar o funcionamento do fígado e da vesícula biliar.

Ingredientes:
     1 fatia grande de melão;
     1 ramo de hortelã
Modo de preparo:
Bata todos os ingredientes no liquidificador e se for necessário acrescente meio copo de água filtrada para ajudar na mistura. Beba em seguida.

Chá de ispagula


A casca da ispagula tem ação no controle da quantidade de gordura presente no sangue e reduz os níveis de colesterol, assim contribui para reduzir a quantidade de gordura que fica depositada no fígado.

Ingredientes:
     10g de casca de ispagula;
     1 xícara de água.

Modo de preparo:
Ferva a água e em seguida adicione as cascas de ispagula, deixe o chá descansar tampado por pelo menos 10 minutos.Coe a bebida e consuma duas vezes ao dia.

Chá de cardo mariano


O cardo mariano tem ação adstringente que ajudam na digestão e também contribui para aliviar a perda de apetite comum nos casos de gordura no fígado.
Ingredientes:
     2 colheres de sementes de cardo-mariano;
     2 xíc. de água.
Modo de preparo:
Ferva a água e depois adicione as sementes de cardo mariano, deixe o chá descansar por pelo menos 10 minutos, coe o chá e consuma uma xícara 30 minutos antes de cada uma das principais refeições.


quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

Anemia falciforme - Sintomas, Causas e Como acontece a doença


A anemia falciforme é uma doença hematológica e hereditária, adquirida através dos genes alterados de pai e mãe. Essa alteração causa uma deformação nos glóbulos vermelhos deixando-os em formato de foice (por isso o nome falciforme) e enrijecidos, ocasionando o bloqueio da passagem de sangue pelos vasos, e o transporte de oxigênio para os tecidos. 

     O diagnóstico da anemia falciforme se dá através do teste do pezinho realizado em recém-nascidos, e pelo exame eletroforese de hemoglobina.Um exame muito importante durante o pré-natal, pois mesmo que o indivíduo não possua a doença, ele pode apresentar traços falciformes, que podem manifestar-se em seus descendentes.



     Os sintomas mais comuns deste tipo de anemia são:

Crise de dor: Por conta da má oxigenação, gerando dor nas articulações, ossos e músculos, principalmente em períodos menstruais e tempo frio.

Síndrome mão-pé: Se dá pela dificuldade do sangue em chegar nas extremidades, causando inchaço de pés e mãos.

Icterícia: Devido ao rompimento dos glóbulos vermelhos, que liberam um pigmento amarelo no sangue, chamado bilirrubina, que faz com que a pele e o branco dos olhos fiquem amarelos.

Aumento do baço: Por ser o órgão que filtra o sangue, pode acabar acumulando-o, e impedindo que chegue em órgãos como cérebro e coração, podendo levar a morte.

Maior chance de adquirir infecções: Devido ao dano causado no baço, que ajuda a combater infecções.

     O tratamento é realizado pelo uso de medicamentos e o acompanhamento com uma equipe de profissionais, formada por:  médicos, enfermeiras, assistentes sociais, oftalmologistas, dentistas, nutricionistas e psicólogos. Em alguns casos pode ser necessária a transfusão sanguínea. 

     Apesar de ser uma opção pouco viável devido à dificuldade para encontrar doadores compatíveis, o transplante de medula óssea vem a ser uma opção de cura da anemia falciforme. Mas na maior parte dos casos apresentados, a doença não possui cura.

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Remédio caseiro para pulgas e carrapatos - Como fazer? Quais os melhores? Funciona mesmo?


Pulgas e carrapatos são infelizmente pragas que afetam nossos animais de estimação, principalmente cães e gatos. Entretanto, existem alguns remédios caseiros que podem ser utilizados para afastar esses hospedes indesejados.

Eles realmente funcionam se usados da forma correta. Porém, caso você não note uma melhora no problema não deixe de levar o seu animalzinho ao veterinário.                                   


1 - Óleo de Neem (pulgas e carrapatos)


O óleo de neem é conhecido em todo o mundo pelas suas propriedades repelentes de insetos.  Ele é obtido da seiva de uma árvore e seu cheiro afasta os parasitas.

Esse tipo de óleo pode ser encontrado em forma concentrado (óleo de neem puro), e em coleiras repelentes naturais, e até mesmo em sabonetes e shampoo para cães e humanos.

Como fazer?

Para utilizar o óleo de nem basta apenas espalhá-lo sobre todo o pelo do animal, isso em pequena quantidade. O cheiro do óleo vai durar duas semanas, afastando as pulgas e os carrapatos durante esse período.


2. Vinagre (pulgas)


O vinagre é uma ótima opção para afastar as pulgas do seu pet, pois elas odeiam o cheiro e o gosto do vinagre, isso faz dele o ingrediente perfeito para combatê-las.

Como fazer?

Em uma vasilha misture partes iguais de água e vinagre, em seguida, pulverize seu cão ou gato com a mistura e massageie o pelo do animal. Você verá os resultados positivos em alguns dias.


3- Camomila (carrapatos)


O chá de camomila é outra ótima opção para espantar os carrapatos do seu animal de estimação.

Como fazer?

Prepare um chá bem forte de camomila. Quando estiver quente (cuidado para não queimar o animal) pegue um pedaço de algodão e espalhe o chá na pele do seu pet, principalmente nas áreas afetadas pelos carrapatos.
                                                

4- Água de casca de laranja (pulgas)


Água de casca de laranja é outro remédio natural eficaz no combate das pulgas.


Como fazer?

Coloque cascas de laranja em um litro de água e depois ferva.  Quando a água estiver laranja, retire-a do fogo e deixe esfriar. Quando der banho no seu pet, uso a água de laranja para fazer o último enxágue.